Você está aqui: Página Inicial > Atuação > Publicidade > Textos > Campanha do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

Campanha do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

por Site Secom publicado 04/06/2014 21h03, última modificação 10/02/2015 17h57
O objetivo é estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens

A campanha do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero foi criada com o objetivo de divulgar o início do período de inscrições da décima edição do Prêmio, que começa em 2 de junho e vai até 28 de novembro,  e estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens.

 Estudantes do ensino médio, graduação, mestrado e doutorado, e professores de escolas públicas e privadas são os principais públicos-alvo. Para concorrer à premiação, os estudantes dos diversos níveis devem escrever uma redação ou artigo científico sobre temas relativos às questões de gênero. As escolas públicas e privadas de ensino médio também podem participar encaminhando um projeto pedagógico com ações educacionais que promovam a discussão e a conscientização dos estudantes sobre o tema.

A escola vencedora em cada unidade da federação receberá o título de instituição Promotora da Igualdade de Gênero e ganhará o valor de R$ 10 mil. Os estudantes de nível médio que elaborarem as três melhores redações em âmbito nacional serão contemplados com um laptop, uma impressora e uma bolsa de 12 meses do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Além disso, em cada estado, os autores das 24 melhores redações serão premiados com um computador.

Os discentes de graduação que produzirem os dois melhores artigos científicos receberão cinco mil reais e uma bolsa do CNPq por 12 meses. Dois mestrandos serão contemplados com oito mil reais e uma bolsa de mestrado e os autores dos dois melhores artigos científicos em nível de doutorado serão agraciados com o valor de dez mil reais e uma bolsa de doutorado.

O Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero foi instituído em 2005 pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), e conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (MCTI/CNPq), do Ministério da Educação (MEC) e da ONU Mulheres – Entidade das Nações Unidas para o Empoderamento das Mulheres e a Igualdade de Gênero.

____________________________________________________________________________________________________________________

Banner (230x136)

O objetivo é estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens

Banner (960x100)

O objetivo é estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens