Você está aqui: Página Inicial > Orientações gerais > Mídia > Mídia gratuita

Mídia gratuita

por Site Secom publicado 15/05/2012 11h50, última modificação 02/12/2014 15h31
Entenda como funciona o processo de mídia gratuita em TV e rádio

A mídia gratuita dos órgãos federais consiste na disponibilidade de espaços publicitários cedidos pelos veículos de TV aberta e das emissoras de rádio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Estes canais de comunicação são disponíveis para ações de comunicação e veiculação de publicidade de utilidade pública e institucional, produzidas por órgãos da administração direta (ministérios).

Políticas e diretrizes

A mídia gratuita para o meio TV aberta é feita a partir da geração por intermédio da EBC e alcança 18 cabeças de rede com sinal aberto no sistema VHF e UHF em território nacional.

Rede Globo de Televisão;
Sistema Brasileiro de Televisão - SBT; 
Rede Bandeirantes de Televisão; 
Rede Record de Televisão; 
RecordNews; 
Rede TV; 
Rede Vida; 
Central Nacional de Televisão - CNT; 
TV Abril Ltda/MTV; 
TV Gazeta; 
TV Educativa; 
Televisão Guaíba Ltda; 
TV Cultura/Fundação Padre Anchieta; 
TV Brasil; 
TV NBR; 
TV Câmara; 
TV Senado; 
TV Justiça;

A geração é realizada de segunda a sexta-feira das 16h às 16h10 com ônus para os órgãos solicitantes.

Este custo é rateado entre os órgãos solicitantes de acordo com o número de gerações executadas na data requerida e faturado pela EBC para o órgão solicitante.

No caso do meio Rádio, o serviço de veiculação gratuita é realizado nas emissoras da EBC, sem custo operacional:

Radioagência Nacional 
Rádio Nacional AM (Brasília/DF)
Rádio Nacional FM (Brasília/DF)
Rádio Nacional AM (Rio de Janeiro/RJ)
Rádio Mec AM Brasília 
Rádio Mec AM Rio de Janeiro 
Rádio Mec FM Rio de Janeiro 
Rádio Nacional do Alto Solimões  
Rádio Nacional da Amazônia

O material para veiculação no rádio também é colocado à disposição das emissoras de rádio usuárias do Serviço da Radioagência da EBC.

As ações de mídia gratuita não devem conter “merchandising” (citação ou exibição de marcas produtos de terceiros, públicos ou privados), anúncio de seminários, fóruns ou eventos promocionais. Há restrição para exibição de multiplicidade de marcas. O período de veiculação deve ser acordado entre o órgão solicitante e a Secom, previamente ao envio do material. Materiais com citação de datas são veiculados apenas até a data citada na peça.

A solicitação de utilização da mídia gratuita deve ser efetuada por meio de ofício, com antecedência mínima de 7 dias úteis, acompanhada de mídia com a gravação da(s) peça(s) para o Departamento de Mídia da Secretaria de Comunicação Integrada da Secom/PR, obrigatoriamente, com as informações contidas na claquete:

Anunciante/cliente
Título da campanha/peça
Tipo de campanha (institucional e publicidade de utilidade pública - PUP)
Duração do(s) material(is) veiculado(s)
Período de veiculação
Tipo de cobertura: nacional ou regional (se regional, informar o(s) mercado(s)
Cadastro de Registro de Título (CRT) ou Registro na Ancine (Agência Nacional do Cinema)
A solicitação deve obedecer aos formatos padrões da TV Aberta e das emissoras de rádio, gravados em mídia conforme especificações abaixo:

Filme para TV:
Formatos: VT de 15”, 30”, 45” e 60”
Mídias: XDCAM-HD acompanhada de DVD

Rádio:
Formato: spot de 15”, 30”, 45” e 60”
Mídia: CD com arquivo na extensão mp3

O endereço para envio do ofício com o material para veiculação é:

Departamento de Mídia/Secom/PR

Esplanada dos Ministérios, Bloco A - Sala 646
Brasília - DF
CEP: 70.054.900

Esclarecimentos:
Telefone: (61) 3411-4823

registrado em: ,