Você está aqui: Página Inicial > Orientações gerais > Patrocínios > Balanço das ações de patrocínio - 2011

Balanço das ações de patrocínio - 2011

por Site Secom publicado 18/12/2013 12h13, última modificação 04/12/2014 17h45
Em 2011, houve ampliação das adesões a mecanismos transparentes e públicos para seleção dos projetos e a prática de preços acessíveis para o acesso do público

Em 2011, o Departamento de Patrocínios analisou 4.882 propostas de patrocínio, no valor total de R$ 1.141.933.537,21 distribuídos nos segmentos cultural, esportivo, ambiental, social e eventos de relacionamento/oportunidade.

Os principais objetivos das ações de patrocínio são:

  • democratização: igualdade de oportunidade e acesso do público a bens, produtos e serviços patrocinados; 
  • regionalização: aplicação dos recursos de forma descentralizada; 
  • articulação: troca de experiências, melhores práticas e o alinhamento às políticas públicas gerais e setoriais, 
  • transparência: adoção de critérios e métodos explícitos e publicizados de seleção pública de projetos.
     

A ampliação das adesões a mecanismos transparentes e públicos para seleção dos projetos e a prática de preços acessíveis para o acesso do público a eventos patrocinados confirma a primazia da primeira macrodiretriz - “democratização” – nas políticas de atuação em patrocínios dos órgãos e entidades integrantes do Sicom. 

Importante observar a tendência constante de crescimento dos investimentos nas regiões centro-oeste, nordeste, sudeste, sul e na promoção do Brasil no exterior. No sentido da regionalização dos patrocínios destacam-se os efeitos da política cultural adotada pela Petrobras Distribuidora em 2010, que, mediante o lançamento do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura para seleção pública de projetos de patrocínio, viabilizou a circulação de espetáculos teatrais (adulto e infanto-juvenil) em mais de 70 municípios das 27 Unidades Federativas. A próxima seleção pública será realizada em 2012, para projetos a serem realizados no biênio 2013/2014.

Eventos Sustentáveis
A Secom incentivou a formação de dois Grupos de Trabalho vinculados ao Comitê de Patrocínios: o de “Responsabilidade Social” e o de “Sustentabilidade Ambiental”.

Constituído em abril de 2011 sob a coordenação da Secom e do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o GT Responsabilidade Social compartilhou as melhores práticas, sensibilizando as empresas sobre a adoção de políticas de responsabilidade social e a confluência de ações de patrocínio para regiões e públicos prioritários do Plano Brasil sem Miséria.

O resultado obtido em 2011 foi o lançamento das chamadas e seleções públicas de projetos convergentes ao Plano BSM pelo Banco da Amazônia e pela Casa da Moeda do Brasil.

Ao GT Sustentabilidade Ambiental foi delegada a missão de discutir, definir e introduzir critérios de sustentabilidade quanto aos aspectos ambientais e buscar o equilíbrio mínimo entre o volume de investimento do patrocínio de entes públicos e as contrapartidas necessárias à mitigação e/ou compensação dos impactos ambientais decorrentes das ações patrocinadas.

A primeira iniciativa nesta direção foi a inclusão de campo específico para captura de informação sobre as “Contrapartidas Ambientais” praticadas nos projetos, dentro do Módulo Patrocínio do Sistema de Acompanhamento e Controle das Ações de Comunicação – SISAc, como forma de reforçar os propósitos pretendidos junto aos 930 usuários dos 36 órgãos e entidades do Sicom envolvidos no processo de patrocínio.